Tudo sobre Maldivas!



Quando ir?

A melhor época para visitar as Maldivas é de novembro a abril, período de tempo seco. De maio a outubro é a época das monções, com maiores possibilidades de chuvas e ventos. As chuvas, nestes meses, costumam ser intensas, mas passageiras. Porém, pode afetar a visibilidade do mar e claridade do dia.

Como chegar nas Maldivas?

A companhia aérea mais famosa (e muitas vezes a mais cara) que faz esse percurso é a Emirates, com possibilidade de stopover em Dubai.

Outras companhias que operam, e às vezes com preços bem competitivos, são a Qatar, com possibilidade de stopover em Doha, e a Turkish, em Istambul.

Via Europa também é possível, mas nem sempre há tanta frequência de voos ou são em épocas sazonais, como também pode ter mais uma conexão na Ásia. Mas às vezes o preço pode ser bem atrativo e uma parada na Europa sempre vai bem! Principais aéreas que fazem a rota: Klm/Air France, com possibilidade de stopover em Amsterdam e Paris; Lufthansa/Swiss, com conexão em Frankfurt ou Zurique e a British em Londres!


Como chegar no seu resort?



Todos os voos internacionais chegam no aeroporto de Male, na capital. Uma vez na área de desembarque você deve se dirigir ao guichê do seu resort, a não ser que haja um funcionário do resort com uma placa mostrando seu nome. Nem todos os resorts possuem guichê por falta de espaço.


Para chegar exatamente no atol onde está o seu resort, o percurso será feito em speed boat, hidroavião ou voos comerciais. E às vezes pode haver uma junção de dois desses serviços.

Não se compra nenhum ticket antecipadamente para nenhum meio de transporte, só é preciso uma comunicação com o resort, informando a hora de chegada e o nome da cia aérea, que eles mesmos tomarão as providências.


O hidroavião opera em horários comercias, geralmente até 17 horas. Então, caso você chegue tarde da noite, seu voo será comercial. Se não houver outra possibilidade de voo para chegar mais cedo, nossa dica é pernoitar nessa noite próximo ao aeroporto de Male e seguir para o resort no dia seguinte. Todos sabemos que os valores das diárias dos resorts são elevados, então não compensa você chegar tarde da noite, perdendo grande parte desta primeira diária.


Os valores dos meios de transporte não são gratuitos e não estão inseridos no custo da diária. Ou ele já está incluso no “pacote” ou você pagará separadamente, muitas vezes vem na própria conta do quarto.

Os preços variam de 160 dólares, podendo chegar até 1.100 por pessoa, um valor considerável, e que se não for notado na hora da reserva, poderá ser um “susto” depois. Por isso a importância de um agente de viagens para lhe passar todas as informações corretamente (que não são poucas).


Outro detalhe é o peso da bagagem. Os hidroaviões permitem apenas 20kg por pessoa e geralmente o excedente é bem caro. Este é um detalhe para se viajar bem preparado ou então entrar em contato com o resort para ver da possibilidade de levar uns quilos a mais. Dependendo do resort e do meio de transporte poderá ser viável, e em outros casos bem restritivos. O bom é que é um destino quente, onde você usará roupas bem leves. E se precisar levar mais malas, pensando no restante da viagem, uma possibilidade é deixar no locker dentro do aeroporto.


Uma dica muito importante é que as Maldivas, por ser um país muçulmano, proíbe o consumo de bebidas alcoólicas. Aquela ideia esperta de passar na duty free antes e levar bebidas na mala não será possível, se acharem vão cobrar multas bem salgadas. Dentro do aeroporto tem sempre um local de descarte, caso você tenha esquecido, e a partir desse ponto é proibido carregar essas bebidas. Mas, acalme-se, dentro do resort é liberado o consumo!

Qual tipo de pensão mais vale a pena?



As Maldivas são um destino de luxo e exclusivo, mas não apenas isso, devemos levar em consideração que estamos num arquipélago. Assim, praticamente todos os alimentos são importados. A bebida alcoólica possui muitos impostos inseridos, já que estamos num país muçulmano que não permite o consumo. E também porque os funcionários do resort moram no local, havendo todo um custo a mais por trás disso. Não é tudo tão fácil e simples como aparenta ser. E todos estes fatores com certeza influenciam nos preços praticados.


Se você escolher uma acomodação com apenas café da manhã é preciso estar ciente que o custo diário com alimentação não será barato. Se você gosta de estar num resort podendo beber e comer à vontade sem se preocupar com o quanto irá custar, a melhor opção será o sistema all inclusive, que neste caso já terá sido pago antecipadamente, e parcelado junto com o valor da tarifa. Caso você não consuma bebidas alcoólicas e seu estilo é mais fitness, o meio termo será a melhor opção, com o sistema de meia pensão, onde já está inserido na tarifa o café da manhã e o jantar.


Que tal um café, na sua suite, como esse?


O que fazer no local?


Além de curtir aquele mar maravilhoso, tipo coisa de cinema, e o conforto de sua suíte, geralmente nos resorts há piscinas, spa, academia, aulas de yoga, atividades náuticas (motoras ou não), quadras de tênis e vôlei, mergulhos, diversos restaurantes, sunsets com DJ, além de... baladinhas. Dependendo da localização, há possibilidade de surf.



Outras atrações variam de acordo com o resort. Por exemplo, uma refeição romântica numa bancada de areia ou tendas, piquenique numa ilha particular, passeio em barco privativo e assim por diante.


Se você é fã de mergulhos, a escolha do seu resort dependerá da localização. Os melhores canais de mergulho nas Maldivas, com tubarões de recife são: Lhaviyani, North e South Male, Vaavu, Meemu, Laamu e Gaafu. Os outros canais costumam ser fundos demais para mergulhos.


O melhor lugar para encontrar tubarões-baleia são Ari Atoll, Gaafu e no sul de Thaa. Já as arraias são encontradas mais facilmente em Ari, Addu, North Male, Haa Alifu, Haa e Baa Atoll. Se você quiser ver tubarões-martelo, procure em Rasdhoo Atoll, em North Ari, ou Fotteyo Kandu, em Vaavu Atoll. Alopias e tubarões-tigre são mais vistos na ilha de Foahmulah durante todo o ano.


O Baa Atoll possui uma alta biodiversidade abrigando o sétimo maior recife de coral do mundo. Enormes quantidades de plâncton fluem através dele, o que permite que toda a cadeia alimentar prospere. Mais de 250 tipos de corais são encontrados na Reserva da Biosfera do Atol Baa, sustentando cerca de 1.200 espécies de peixes. É considerado patrimônio da Unesco.


Experiências Diferenciadas

Se você sonha com um bangalô sobre a água que tenha escorregador, o Soneva Jani e o Jumeirah Vittaveli serão ótimas opções.


O Finolhu possui suítes em formato de bolha, possibilitando uma experiência super diferenciada numa noite sob as estrelas.


O Anantara Kihavah traz o espetáculo do cinema sob as estrelas, com espreguiçadeiras confortáveis e pipoca com champagne (todos da rede possuem opções desse tipo). Há também o bar SKY, onde é possível fazer observação de estrelas, com um guia especialista em planetas e constelações.


O Anantara Kihavah, Niyama, Hurawalhi e o Conrad são opções que possuem restaurante subaquático.


No Conrad, há também o The Muraka, uma residência de luxo que possui um quarto submerso a mais de 6 metros de profundidade.


O Huvafen Fushi oferece o primeiro SPA subaquático do mundo. Incrível!


Vale visitar mais de um resort?

Vale, com certeza. Mas, monetariamente falando, não é a melhor opção, justamente pelo alto custo do transporte entre os atóis. O que mais compensa é mudar de hospedagem dentro do mesmo resort. Por exemplo, ficar uns dias no bangalô sobre a água e depois passar para uma opção na própria ilha, que geralmente são suítes pé na areia muito confortáveis.


Outra possibilidade é ficar num resort que possui outro da mesma rede próximo, como é o caso do Anantara Veli e Dhigu, distantes apenas 30 minutos de barco. Nesse caso você pode visitar o local vizinho e curtir sua estrutura, como os restaurantes.

 

Acho que deu pra perceber que escolher um resort nas Maldivas não é algo tão fácil, não é mesmo? Quando você quiser realizar seu sonho de conhecer esse incrível e maravilhoso lugar, conte conosco para, juntos, encontrarmos a melhor opção para você!





Um abraço,

Krystal.

165 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo